Projeto Amplexo

Logo-amplexo-oficial-jpg

 

Objetivos

  1. Identificar as principais regiões do Brasil que apresentam carências em profissionais e professores que orientem estudos de graduação sobre herpetofauna.
  2. Identificar áreas que carecem de estudos e levantamentos da herpetofauna.
  3. Identificar pós-graduandos, especialistas em herpetofauna, que tenham interesse em orientar alunos de graduação e, assim, formar e ampliar novos grupos de pesquisa, diminuindo a burocracia e entraves da co-orientação tradicional.
  4. Selecionar os alunos de graduação a serem co-orientados

Atualmente o Projeto Amplexo se encontra em fase piloto com poucos alunos, mas com resultados surpreendentes!

  • Carina Veiga – “O papel e importância da educação ambiental sobre ecologia e conservação de anfíbios com jovens em formação escolar.”. (Situação: concluído).
  • José Lucas Silveira Rosa, PUC-GO. Título: “Anuros associados a bancos de macrófitas em lagos de meandro”. (Situação: concluído).
  • Lucicléia Railene – “Diversidade e distribuição de répteis em ambientes ripário e de terra firme da  Reserva florestal Humaitá, Estado do Acre, Brasil”. (Situação: concluído).
  • Lucicléia Railene – “Estrutura de taxocenoses de anfíbios em lagos de meandros amazônicos sobre influência do pulso de inundação”.  (Situação: em desenvolvimento).
  • Matheus Toledo Moroti, UNIVAP. Título: “Distribuição e composição espaço-temporal de anuros no Parque Natural Municipal Augusto Ruschi, analisando a provável ocorrência do fungo quitrídeo”. (Situação: em desenvolvimento).
  • Rafael Costabile Menegucci, UNIFAL. Título: “Dinâmica da anurofauna no uso de bromélias da mata atlântica primária em Ubatuba, SP”. (Situação: em desenvolvimento).

Publicações

Além de aprenderem a escrever e executar projetos de pesquisa, os alunos participantes do Projeto Amplexo aprendem também todo o processo de publicação de resumos em congresso e de artigos científicos, desde os princípios da escrita científica, revisões, traduções até a aceitação do manuscrito.

Para conhecer um pouco mais da nossa produção científica acesse o link na figura abaixo:

publicações

Abaixo o que já foi publicado com o apoio do Projeto Amplexo até agora:

2016

  1. MOROTI, M.; NETO, J. A. F.; SANTOS, A. C. C.; SOUZA, R. D. R.; SOARES, C. P.; MACHADO, I. F. (eds.) 2016. Anura do Parque Natural Municial Augusto Ruschi, São José dos Campos, São Paulo, Brasil. Version 1. The Field Museum, Chicago, USA. Logo-amplexo-oficial-jpg
  2. SILVA, D.P.; RAMALHO, W.P.; MATOS, L.R.A.; SILVA, T.L.; MACHADO, D.C. 2016. First record of Osteocephalus castaneicolaMoravec, Aparicio, Guerrero-Reinhard, Calderón, Jungfer & Gvoždík, 2009 (Anura: Hylidae) for Acre, Brazil. Check List 12(1): 1826. doi: http://dx.doi.org/10.15560/12.1.1826 Logo-amplexo-oficial-jpg

2015

  1. RAMALHO, W.P., ANDRADE, M.S., MATOS, L.R.A., VIEIRA, L.J.S. 2015. Amphibians of varzea environments and floating meadows of the oxbow lakes of the Middle Purus River, Amazonas, Brazil. Biota Neotropica. 16(1): e20150093. http://dx.doi.org/10.1590/1676-0611-BN-2015-0093 Logo-amplexo-oficial-jpg
  2. MACHADO, I.F.; MENEGUCCI, R.C.; MENDES, H.F.; MOROTI, M.T. 2015. Polyphenism: Defensive colour behaviour of Phasmahyla guttata (A. Lutz, 1924) (Amphibia, Anura, Hylidae). Herpetology Notes, volume 8: 467-470 (2015) Logo-amplexo-oficial-jpg
  3. FERRANTE, L.; MENEGUCCI, R.C.; MACHADO, I.F. 2015. CROTALUS DURISSUS (South American Rattlesnake). SWIMMING BEHAVIOR TO CROSS GEOGRAPHICAL BARRIER. Herpetological Review 46(4): 640. Logo-amplexo-oficial-jpg

 

Atualmente, por ainda estar em caráter piloto, não estamos aceitando novos alunos. No entanto, para 2017 iremos implantar o Projeto Amplexo em novos estados. Acompanhem esta pagina para saber as novas atualizações!